03/04/2015

Desenhar nas estilas

 Desenhar nas estilas -Março 2015


 É o tempo mágico das estilas. O medronho apanhado no Outono, e que ficou a fermentar todos estes meses, vai ser destilado.
  É tempo de acender a fornalha, colocar umas caldeiradas de medronho no alambique e fazer jorrar a aguardente. Saborosa, cheirosa, apaladada e inebriante.
  É tempo de ouvir histórias velhas e novas, de pôr as conversas em dia, ao longo das noites e dias que dura a destilação do precioso líquido.




Uma noite de convívio numa destilaria tradicional na serra de Monchique.





No dia seguinte ao fim do dia o coro da Confraria do Medronho Os Monchiqueiros 
animou com os seus cantares.


Visita a uma outra destilaria de medronho.

Sem comentários:

Enviar um comentário