14/04/2016

Fim-de-semana de desenho em Portimão #1




ISMAT, uma das duas universidades em Portimão, organizou um evento de alguns dias para promover o seu próximo ano lectivo. Como os cursos de arquitectura e design tem um enfoque especial no currículo da instituição, parecia natural incluir oficinas livres de desenho como parte do evento. Eu, lado a lado com os exímios desenhadores Luís FrascoFilipe Almeida e Hélio Boto, reunimos cerca de 50 alunos e mostrámos-lhes alguns exercícios simples que lhes permitirão explorar e melhorar a sua experiência de desenho.


Durante a manhã, o Luís e o Filipe mostraram a todos como se pode diferenciar o primeiro e o segundo plano num desenho, através de diferentes técnicas: espessura de linha, o uso de manchas e a quantidade de detalhe empregue. Os alunos exploraram os exercícios espalhados ao longo da brilhante ria do Arade.



Usei a manhã para ser aluno deles e também para preparar alguns exercícios para mais tarde. Depois do almoço, o Hélio arrancou a oficina da tarde, mostrando dois modelos simples de perspectiva: uma rua e uma esquina. Os alunos foram encarregues de encontrar esses modelos nas ruas de Portimão e desenhá-los. A perspectiva é um conceito tramado para iniciantes do desenho, mas com algumas dicas, tudo correu pelo melhor. Mais tarde, mostrei aos alunos como lidar com pessoas em movimento, apenas para permitir que linhas rápidas, orgânicas e expressivas pudessem começar a sair livremente dos seus lápis e canetas.

Enquanto o Filipe regressava a casa mais cedo, o pôr-do-sol assistiu a um trio de desenhadores à beira rio, cansados mas satisfeitos.

(publicado também em www.pedromacloureiro.com)

Sem comentários:

Enviar um comentário